quinta-feira, 30 de maio de 2013

A Câmara comemora, em sessão especial e noite de gala, o 29 de Maio


(Fotos: Oguianne Sardinha)
O arauto (Pedro Fagundes), o coro e personagens 
da peça sobre a criação da Vila de Sam Salvador
A Orquestra Municipal regida pelo maestro Maurício 
apresentou vários números no foyer do Palácio Nilo Peçanha
A banda do Centro Educacional 29 de Maio, sob a regência 
de Alexandre, tocou um dobrado e o parabéns  pra você
Avelino interpretou o texto original da criação da Villa 
e sua posse pelo donatário, o Visconde de Asseca
A sessão especial começou com o hino Nacional e o 
Hino de Campos com a mesa formada por Edson Batista, 
Suledil Bernardino, João Vicente e Winston Churchill
Suledil representou o governo
João Vicente representou o Trianon, que apoiou o evento
Winston Churchill lembrou que é descendente de um dos sete capitães
Os convidados posaram para foto, com os vereadores presentes
Dr. Edson Batista agradeceu a todos e emocionou-se 
com a beleza dos espetáculos, enfatizando que aquele 
era um momento histórico para o Legislativo e para Campos
Ao final, os elencos da orquestra, da banda do 29 de maio e do teatro, 
posaram para fotos com os vereadores e os apoiadores do evento
Em seguida, parte do público juntou-se para um registro daquele 
momento considerado "mágico" por muitos que assistiram e participaram
E ao final, o diretor da Casa, Avelino, "puxa" um Viva Campos!
Uma noite memorável, histórica, emocionante foi a deste 29 de maio, na Câmara de Vereadores de Campos, com a sessão especial sobre a fundação da Villa de Sam Salvador dos Campos, ocorrida há 336 anos, em 29 de maio de 1677, uma das datas mais importantes de Campos e que raramente é lembrada e, muito menos, comemorada.
O presidente da Câmara, Edson Batista, resolveu resgatar a data e sua importância para a formação da nossa cultura, da nossa identidade, fato que impulsionou o nosso desenvolvimento. Para tanto, solicitou ao dramaturgo, pesquisador, escritor, poeta e jornalista Winston Churchill, autor do único texto que trata da fundação da Villa, escrito e encenado em 1977 (por conta dos 300 anos da Villa) que remontasse o espetáculo nas escadarias do Palácio Nilo Peçanha. 
Para abrilhantar mais a comemoração, solicitou do presidente da Fundação Trianon, João Vicente Gomes de Alvarenga, a Orquestra Sinfônica Municipal que, com seus 50 músicos, emocionou a todos com números diversos e uma nova versão da música do Hino de Campos. E a única instituição que faz referência à data, o Centro Educacional 29 de Maio, participou, com a diretora Heloísa e diversos professores e alunos e sua banda mirim, que encerrou as apresentações, sendo aplaudida quando tocou o "Parabéns Pra Você!". 
Centenas de pessoas assistiram e se emocionaram com as apresentações. Algumas pessoas choraram pela beleza plástica e as excelentes interpretações dos músicos e atores. E riram também, quando Avelino leu interpretando o texto original, com a linguagem da época (1677). Professores e alunos da Fafic, Universo, Ciep e Escola Municipal de Travessão também estiveram presentes. Muitos, talvez a maioria, não sabiam do significado do 29 de maio. Tampouco da formação da Villa de Sam Salvador dos Campos e seus antecedentes históricos, que ficam evidenciados na peça de Churchill. 

Blog de Avelino Ferreira

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Reforma: Prefeitura de Campos com novas secretarias


Organograma com as mudanças foi publicado no Diário Oficial do Município
Reforma administrativa 4cesec capaA reforma administrativa na Prefeitura de Campos foi publicada ontem no Diário Oficial do Município. Conforme previsto, houve a criação de novas secretarias e extinção de outras.  Confira as mudanças:
Novas secretarias
-Relações Institucionais;
– Pesca e Aqricultura;
– Petróleo, Energias Alternativas e Inovação Tecnológica;
– Paz e Defesa Social;
– Defesa dos Direitos do Idoso;
Secretarias e fundações extintas:
-Secretaria de Planejamento e Gestão;
-Cultura;
-Fundações Trianon e Zumbi dos Palmares;
-Coordenadorias de Infraestrutura, de Segurança e Ordem Pública;
De acordo com a nova reforma, a Fundação Municipal dos Esportes e a Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima passam a ser subordinadas à nova Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes.
A prefeitura deverá anunciar 
nos próximos dias os nomes dos titulares das novas pastas, assim como algumas substituições.
De acordo com a reforma, os vencimentos dos cargos comissionados para os DAS e funções gratificadas passam a ser os seguintes:
DAS-1 : R$ 9.452,90
DAS-2 : R$ 7.040,28
DAS-3 : R$ 5.120,14
DAS-4 : R$ 3.755,18
DAS-5 : R$ 2.451,26
DAS-6 : R$ 2.246,99
DAS-7 : R$ 1.838,44
DAS-8 : R$ 1.634,17
DAS-9 : R$ 1.532,00

Câmara festeja a criação da Vila de São Salvador de Campos


A fundação da Vila de São Salvador de Campos, ocorrida dia 29 de maio de 1677, será comemorada nesta quarta-feira (29), na Câmara Municipal, às 18 horas, com a apresentação do único texto teatralizado sobre o episódio, escrito e dirigido pelo escritor, ator e dramaturgo Winston Churchill Rangel e que foi encenado em 1977, nos 300 anos do fato, quando foi instalado um marco em frente à Igreja de São Francisco, local original da matriz do Santíssimo Salvador.

A peça, com 23 atores, figurinos de Roney Brandão e produção de Nana Rangel, dura cerca de 30 minutos, montada como um auto (Auto de Fundação da Villa de Sam Salvador dos Campos), e será encenada nas escadarias da Câmara.

“Por se tratar de um texto histórico da maior importância sobre a formação da cidade de Campos, todos deveriam assisti-la, principalmente estudantes e professores”, comentou o diretor da Câmara, jornalista Avelino Ferreira.

Para abrilhantar a comemoração da data, a Orquestra Municipal de Campos se apresentará no foyer da Câmara, na sessão plenária. Além da abordagem da data, a banda do Colégio Municipal 29 de Maio deverá apresentar-se, após a sessão normal do Legislativo.

O presidente da Câmara, Edson Batista (PTB), reputa como de fundamental a Câmara dar sua contribuição para a comemoração de datas marcantes e históricas e da difusão da história do município. “Trata-se de um instrumento essencial para a formação de cidadãos conscientes da importância de Campos e de sua história”, concluiu.

Aprovado por unanimidade projeto de Lei que visa organizar trânsito próximo às escolas



 
 
Aprovado por unanimidade o projeto de Lei nº 0039/2013, do vereador Alexandre Tadeu “Tô Contigo”, que obriga escolas particulares com mais de 300 alunos, por turno, a ter no quadro, funcionários com noções de trânsito. A decisão aconteceu na sessão desta terça-feira (28/05), na Câmara Municipal de Campos, e agora o projeto de Lei será encaminhado para a sanção da prefeita Rosinha Garotinho.
De acordo com o texto, os funcionários capacitados com noções de trânsito serão responsáveis por organizar o fluxo de veículos em frente as unidades de ensino nos horários de pico, entrada e saída, com o objetivo de dar fluidez ao trânsito nas proximidades das escolas. “Os horários de pico mencionados nesta lei, são os horários de chegada e saída de alunos”, comentou Alexandre Tadeu.
 
Ainda segundo o projeto de Lei, o número de funcionários com noções de trânsito deverá ser proporcional ao número de alunos das escolas, ou seja, para casa 300 alunos matriculados, um funcionário com noções de trânsito deve ser contratado. Os funcionários escolhidos para fazer o curso de formação de noções de trânsito serão treinados pela Guarda Municipal para atuarem no controle do trânsito. A fiscalização dos funcionários com noções de trânsito será realizada pela Secretaria Municipal de Educação.





“O objetivo deste projeto é acabar com a desordem no trânsito em frente às escolas particulares nos horários de pico. Muitos pais que possuem carro de passeio levam e buscam os filhos nas escolas todos os dias. Por isso, se faz necessário a presença de um funcionário da escola com noções de trânsito para organizar o fluxo de veículos nas imediações das escolas e evitar que os pais fiquem muito tempo parados na porta da unidade escolar atrapalhando o trânsito”, comentou o vereador.
 
"Tô Contigo"

Ascom vereador Alexandre Tadeu "Tô Contigo"

Leonardo Alvarenga - (22) 98322715
Cristina Silveira - (22) 99546059

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Fotógrafo Check recebe homenagem





O Lar Fabiano de Cristo, em parceria com a Fundação Municipal Zumbi dos Palmares (FMZP) e a Secretaria da Família e Assistência Social, realizou nesta quarta-feira (22) a entrega do IV Prêmio José do Patrocínio, em Campos. Profissionais da imprensa e destaques da cultura afro foram homenageados com troféus nas categorias imprensa e honra ao mérito. Um dos homenageados  foi o meu amigo Jocelino Rocha – Check, como é carinhosamente chamado por todos.

O presidente da FMZP, Jorge Luiz dos Santos, destacou a importância da parceria e dos programas desenvolvidos pela Fundação, além do trabalhado desenvolvido pelo Lar Fabiano, que atende uma parcela importante da população.

“O prêmio surgiu quando as crianças do Lar Fabiano de Cristo procuravam pela história de José do Patrocínio, jornalista e líder abolicionista. Logo, criamos o prêmio para homenagear o trabalho dos jornalistas na região, e em seguida, nomes da imprensa estadual e nacional”, informou a coordenadora cultural do evento, Rita Souto.

Da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Campos, receberam o prêmio a diretora de Jornalismo, Liliane Barreto, e os repórteres Telmo Filho e Ruan Barros, da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima.

“É uma grande honra receber o Prêmio José do Patrocínio, um jornalista campista, que lutou por uma causa nobre, que foi o movimento abolicionista. Este ano, nós fomos contemplados, mas estamos representando toda equipe de comunicação da prefeitura”, disse Liliane.

A Presidente do Conselho da Cultura e Diversidade Étnica Racial de Joinville, Jacila Barbosa, homenageada em destaque nacional, falou sobre a importância da imprensa na divulgação do trabalho e dos projetos realizados pelo Lar Fabiano de Cristo, que atualmente atende cerca de 250 famílias.

Sancionada lei sobre recolhimento de medicamentos vencidos





Vereador Mauro Silva

A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, sancionou a lei 8.337, de autoria do vereador Mauro Silva, instituindo que as farmácias e drogarias no município, inclusive as de manipulação, deverão conter recipientes para o recolhimento de medicamentos vencidos. A caixa de coleta deverá obrigatoriamente ser colocada em local visível e constar a seguinte identificação: “Deposite aqui seus medicamentos vencidos”.
“É oportuno que as farmácias de Campos passem a ter em suas entradas pontos fixos e permanentes de coleta de medicamentos vencidos. Assim, o cidadão poderia contar com um local adequado para desfazer-se desses produtos”, argumenta Mauro Silva.
A proposta do parlamentar já havia sido aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal. Com isso, a partir de agora, quem tiver um medicamento vencido guardado em casa poderá encaminhá-lo as farmácias e drogarias que passarão a ter que disponibilizar um recipiente cuja finalidade será a de recolher esses remédios com o prazo de validade ultrapassado.
De acordo com orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), apenas os produtos tarja preta devem ser entregues a vigilância sanitária dos municípios ao sair do prazo de validade. Os demais, ou seja, 99,9% dos produtos farmacêuticos que chega a população, não têm destino certo estabelecido em lei.

Serviços de Águas do Paraíba em sessão especial no próximo dia 05



A Câmara Municipal irá realizar no próximo dia 05 de junho uma sessão especial com a presença dos diretores da concessionária Águas do Paraíba a fim de que sejam explicadas as reclamações de contribuintes sobre os serviços da empresa. O requerimento para a realização da sessão é do vereador Jorge Magal, vice-presidente do Poder Legislativo.
“A concessionária precisa explicar uma série de reclamações, que tem levado a empresa a ser uma das campeãs de reclamações. A Águas do Paraíba passou a liderar o ranking de queixas no Procon. No ano passado, era a terceira; agora é a primeira”, disse Magal.
Em principio, a sessão seria realizada no dia 29 deste mês, mas devido a problemas de agenda de seus diretores e a realização da apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal no hall de entrada da Câmara, quando também será encenada a peça “O Auto de Fundação da Vila de San Salvador de Campos” na escadaria do prédio do Poder Legislativo.

Pagamento de servidores começa segunda-feira






A Prefeitura de Campos inicia, na próxima segunda-feira (27), o pagamento dos servidores municipais referente ao mês de maio. Ao todo, durante três dias, serão injetados na economia local recursos na ordem de R$ 56.514.391,02. Este mês, os vencimentos serão efetuados com reajuste baseado no IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial), que é de 6,5%, mais o aumento real de 3,42%.
De acordo com o secretário municipal de Planejamento e Gestão, Fábio Ribeiro, o montante destinado, neste mês, à folha de pagamento dos servidores é 100% maior do que o total pago ao funcionalismo em janeiro de 2009. A expectativa é para que o impacto da folha de 2013 seja de R$ 75 milhões de recursos orçamentários e financeiros novos em referência a 2012. De janeiro a maio deste ano, já foram destinados R$ 27.893.087,88 a mais para o pagamento do funcionalismo em comparação ao mesmo período do ano passado.
— Em quatro anos e cinco meses, dobrou a despesa da Prefeitura de Campos com os servidores efetivos. Esse acréscimo se deve aos vários benefícios oferecidos ao funcionalismo, como reajustes salariais concedidos, às gratificações conquistadas por profissionais da Saúde e da Guarda Civil Municipal e ao Plano de Cargos e Salários da Educação. Comprova também que o município está arrecadando mais, uma vez que, a folha dos efetivos é paga com recursos próprios, destacou Fábio.
Calendário 
De acordo com os finais das matrículas, o pagamento dos servidores ativos e inativos será efetuado em três dias: segunda-feira (27), terça-feira (28) e quarta-feira (29). No primeiro dia, receberão os servidores com finais de matrícula 0, 1 e 2. Na terça-feira, será a vez de quem tem matrícula com finais 3, 4, 5 e 6. Na quarta, o pagamento estará na conta dos servidores com matrículas terminadas em 7, 8 e 9. 
 Ascom/PMC

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Vereador Albertinho quer melhorar o serviço do IML de Campos






 O Vereador Albertinho, entrou hoje com um requerimento solicitando uma Sessão Especial, onde serão convidadas autoridades da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, responsáveis pela Polícia Técnica IML (Instituto Médico Legal), de Campos dos Goytacazes, a informar o porquê do descaso com este órgão de extrema importância em nosso município, haja vista que, o IML de Campos, atende de Serrinha até a divisa do Espírito Santo, São Fidelis, São Francisco do Itabapoana, São João da Barra e toda Campos dos Goytacazes, e com toda esta área para atender, só se faz necropsia até as 17h30min, por falta de médico legista e se por ventura chegar um corpo às 18h00minhsó será liberado no dia seguinte após exames. 

“O IML de Campos não tem nem material de limpeza, somente água corrente, quando uma lâmpada queima, os funcionários fazem vaquinha para comprar outra, um ABSURDO” finaliza o vereador.        


terça-feira, 21 de maio de 2013

PROFESSORA AUXILIADORA FREITAS PROPÕE LEI PARA REGULAR INSTALAÇÃO DE CERCAS ELETRIFICADAS





O aumento da sensação de insegurança do cidadão em decorrência da criminalidade cada vez mais crescente em nosso Estado, principalmente no interior, fez com que diversas pessoas recorressem a um instrumento de defesa para suas propriedades: as cercas eletrificadas. Com isto, várias empresas passaram a fornecer este tipo de serviço de forma aleatória, com enorme procura no mercado.


Diante disto, a Vereadora Professora Auxiliadora Freitas (PHS), apresentou na Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei 0065/2013, que dispõe sobre a instalação, utilização e funcionamento de cercas eletrificadas destinadas à proteção de bens imóveis e dá outras providências.

- Sempre que surge uma nova descoberta, seja no universo tecnológico, comercial ou industrial, isto promove significativa mudança nos hábitos sociais. E estes produzem reflexos imediatos no mundo jurídico, tornando necessária a realização de alterações nas regras e legislações – justifica a Vereadora.

Pela medida, A instalação de cercas eletrificadas somente será autorizada mediante aprovação de requerimento endereçado ao órgão competente, acompanhado de projeto elaborado e assinado por responsável-técnico habilitado pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

- A submissão da intenção da instalação de cercas eletrificadas destinadas à proteção do patrimônio, mediante elaboração de projeto a ser analisado pelo poder público, é de caráter relevante e de imperiosa regulamentação pelo poder público. Isto em razão do acentuado número de residências que vem adotado esse sistema de proteção e defesa, sem, contudo, encontrarem-se amparados numa legislação que lhe conceda este direito e, ao mesmo tempo, regule o seu exercício – pondera Auxiliadora Freitas.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

A proposição estabelece que o projeto de instalação deve conter Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), tipo de corrente elétrica a ser utilizada, e especificação de potência máxima. Outra determinação é de que a altura mínima deve ser de, no mínimo, 2,20m do nível do solo, além de espaçamento horizontal de no mínimo 10cm e no máximo 20cm entre outras estruturas.

Nos casos em que a instalação da cerca eletrificada se der em linhas ou benfeitorias divisórias de imóveis ou de propriedades, a mesma deverá ser instalada com inclinação de 45º (quarenta e cinco graus) para dentro do imóvel beneficiado.

Para a Vereadora Auxiliadora Freitas, o exercício do direito de proteção ao patrimônio deve ser controlado, normatizado e regulamentado pelo Poder Público.

- Precisamos possibilitar que a defesa e a inviolabilidade da propriedade no mesmo instante em que preserva à própria coletividade deste meio de defesa – justifica a parlamentar.

ALERTAS

O projeto estabelece ainda que as deverão conter uma placa de advertência sobre sua existência e riscos de lesão a cada dois metros de cumprimento, com dimensões de 40cm (quarenta centímetros) de altura por 60cm (sessenta centímetros) de largura, contendo o texto “ATENÇÃO: CERCA ELETRIFICADA”.

Não será admitida a utilização de potência ou corrente elétrica capaz de causar risco de morte instantânea, devendo tanto o projeto de instalação como as normas complementares a serem baixadas pelo Poder Executivo, limitar-se à repressão da conduta ilícita sem exceder aos meios necessários e adequados, considerando a proporcionalidade do valor do bem e possível violência decorrente da agressão.

DESCUMPRIMENTO

Os imóveis já dotados de sistema de cercas elétricas terão prazo de cento e oitenta dias, a contar da regulamentação da lei pelo Poder Executivo, para se adequarem aos preceitos estabelecidos pela Lei. Aqueles que descumprirem os dispositivos previstos pelo diploma legal, estarão sujeito a penalidades que variam de advertência ou multa entre 100 e 10.000 UFICAs, à retirada da cerca elétrica em ação fiscal, acompanhada de força policial, se necessário, mediante o alerta que o descumprimento de ordem legal emitida por funcionário público enseja em crime previsto no Art. 330 do Código Penal.


Ascom da vereadora Auxiliadora

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Câmara Municipal de Campos reúne autoridades em debate sobre Segurança Pública






Foi realizada na tarde desta segunda-feira (20/05), na Câmara Municipal de Campos, a sessão especial sobre Segurança Pública, presidida pelo vereador Alexandre Tadeu “Tô Contigo”. Autoridades de segurança pública apresentaram os trabalhos desenvolvidos pelos órgãos e apresentaram possíveis soluções para amenizar a sensação de insegurança que assusta a população diante do grande número de roubos, assaltos e homicídios.

 Segundo o vereador, um documento será elaborado com o resultado desta sessão e encaminhado ao Governador do Estado, Sérgio Cabral, e para o secretário Estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, para que tenham conhecimento de todos os questionamentos com relação à segurança pública em Campos. “A Câmara Municipal de Campos fez sua parte reunindo autoridades de segurança pública, agora vamos encaminhar um documento para o Governo do Estado, para que eles tomem as devidas providências”, frisou.

Solicitada pelo vereador Alexandre Tadeu “Tô Contigo”, a sessão teve como objetivo buscar sensibilizar o Governo do Estado a melhorar a segurança pública no município. Segundo Tadeu, o crescimento populacional, ocasionado pelo desenvolvimento econômico, pode resultar na elevação dos índices de criminalidade. De acordo com Tadeu, a sensação de insegurança é muito grande, toda a população está apreensiva, por isso é necessário que sejam realizadas ações para conter o avanço da criminalidade. “Apesar do esforço das autoridades policiais, Campos e região precisam e merecem mais. Hoje ficou evidente que o reduzido efetivo das polícias civil e militar dificulta o combate à violência”, disse o vereador.

Tadeu ainda informou que apesar da polícia estar recebendo novos equipamentos, é importante que haja um aumento no efetivo para melhorar o trabalho. “Uma guerra não se ganha com armamento pesado, e sim com bons soldados”, afirmou o parlamentar.
Segundo o comandante do 8º BPM, Ten. Cel. Jonei Sardenberg houve uma redução no número de homicídios no primeiro trimestre de 2013 em comparação ao mesmo período do ano passado. Porém, de acordo com ele, há uma grande preocupação com relação aos roubos de carros, estabelecimentos comerciais e pedestres. “Intensificamos ações na área central para coibir os roubos de rua. Mas, a polícia sozinha não vai conseguir resolver os problemas, precisamos também da população, dando informações, fazendo denúncias, para podermos agir com mais rapidez e eficiência”, revelou o comandante, que parabenizou o vereador pela iniciativa de reunir as autoridades de segurança pública e estar buscando diminuir o índice de criminalidade.

O coordenador municipal de segurança e ordem pública, Cel. Alcemir Pascouto, também elogiou a sessão especial. “Ações como esta são muito importantes para que os órgãos responsáveis possam unir forças para minimizar problemas ligados à segurança pública em nossa região”, destacou Cel. Pascouto.

O promotor Marcelo Lessa, do Ministério Público Estadual, comentou na sessão especial de Segurança Pública, na Câmara Municipal de Campos, que por conta das políticas de segurança pública aplicadas na Capital, muitos criminosos podem ter migrado para o interior. “É natural que com as ações de segurança aplicadas nas comunidades do Rio de Janeiro, muitos criminosos migrem para outras cidades. Acho muito difícil que o bandido se aposente. O ideal é que as políticas de segurança pública aplicadas pelo Governo do Estado na capital, também fossem aplicadas nas comunidades onde há um alto índice de crimes em Campos”, disse.

Para o presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB, o Governo do Estado “só tem olhos” para a Capital, e deixa segurança pública do interior sucateada. “A Polícia Militar não faz investigação, eles dependem da Polícia Civil, porém este órgão está sucateado, não tem contingente. Hoje os inspetores estão ali apenas para preencher ocorrências. Não há condição de trabalho para os policiais”, destacou.

Estiveram presentes na sessão especial autoridades como o Comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM), Ten. Cel. Jonei Sardenberg; delegado Geraldo Assed, da 134ª Delegacia de Polícia Legal do Centro da cidade; delegado Carlos Augusto Guimarães, da 146ª Delegacia de Polícia Legal de Guarus; Promotor Marcelo Lessa, do Ministério Público Estadual; Major Francisco Melo, da Guarda Civil Municipal; Luiz Celso Alves, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB de Campos; Cristiano Sampaio, presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB de Campos.















Ascom vereador Alexandre Tadeu "Tô Contigo"
Fotos: Check

domingo, 19 de maio de 2013

Segurança pública em pauta na Câmara Municipal de Campos





Alexandre Tadeu
Uma sessão especial sobre Segurança Pública acontece nesta segunda-feira (20/05), às 14h, no plenário Álvaro Lopes Vidal, da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes. A sessão será presidida pelo vereador Alexandre Tadeu “Tô Contigo” com a participação de vários órgãos municipal e estadual de Segurança Pública. O objetivo do encontro é debater a questão da violência na cidade e região.
A sessão especial foi requerida em plenário pelo vereador Alexandre Tadeu “Tô Contigo”, no dia 3 de abril, após o assassinato do idoso Evaldo Araújo da Silva, de 63 anos, morto na varanda de casa por um assaltante. O homicídio aconteceu no dia 1º de abril. “O objetivo é sensibilizar o Governo do Estado a melhorar a segurança pública no município. Temos que dar um basta a esta situação de insegurança. O desenvolvimento está chegando e junto com ele a violência”, disse o parlamentar. 
O número de homicídios em toda área de atuação do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM) - Campos, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra e São Fidélis -, sofreu uma redução de cerca de 20% nos primeiros três meses de 2013, se comparado ao mesmo período do ano passado, de acordo com o subcomandante do 8º BPM, major Sérgio Moura. Ainda segundo ele, de 1º de janeiro até 30 de abril de 2012 foram registrados 82 homicídios. No mesmo período deste ano, foram 66 assassinatos.
Também houve aumento no número de apreensões de arma de fogo. Até o dia 10 de maio deste ano, foram apreendidas 189 armas e 119 pessoas foram presas por porte ilegal de arma. Com relação ao número de apreensões de drogas, até o dia 30 de abril deste ano, foram apreendidos 35kg de maconha, 29kg de cocaína e 5kg de crack.
A sessão especial sobre Segurança Pública é aberta ao público e toda a população está convidada a comparecer, às 14h, na Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, que fica na Av. Alberto Torres, 334, Centro.

Ascom vereador Alexandre Tadeu "Tô Contigo"

quarta-feira, 15 de maio de 2013

FMS muda diretores do Hospital São José



Após a constatação de problemas enfrentados por usuários, medidas foram adotadas nesta quarta-feira
Hospital São José 1Hospital São José 2
Em virtude da constatação feita pelo vereador Jorge Magal(PR) de que usuários do Hospital São José, em Goitacazes, na Baixada Campista, enfrentavam problemas, foi anunciada a mudança nos cargos de direção da unidade. A decisão foi anunciada na manhã desta quarta-feira(15/05), durante uma reunião que ocorreu no hospital, da qual participaram o presidente da Fundação Municipal de Saúde(FMS), Sebastião Campista, e vereadores membros da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, Paulo Hirano, Gil Vianna, Abdu Neme e Dona Penha.

Sebastião Campista informou que medidas em caráter de urgência estão sendo adotadas e  confirmou a substituição da direção administrativa e clínica da unidade.
“O gabinete da Fundação Municipal de Saúde ficará, por enquanto, responsável pelo comando do hospital. Há um planejamento que a médio prazo terá o efeito desejado e vai solucionar os problemas, além da construção do novo hospital, que é um  desejo da prefeita Rosinha Garotinho”, disse Campista. Ele ainda adiantou que será montada uma “ouvidoria”.  “Três médicos vão avaliar as queixas dos usuários, a fim de que possamos adotar medidas a curto prazo”, enfatizou.
Magal 2013
Após a morte de um sobrinho, vereador constatou problemas

O vereador Jorge Magal resolveu averiguar os problemas no Hospital São José, como ausência de médicos cujos nomes constavam na escala de serviço, na tarde ontem.  A decisão de Magal  foi tomada após a morte do seu sobrinho Marcelo Azeredo, que era fiscal da Emut. Marcelo morreu na noite do último sábado após um acidente de trânsito na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Novo Jockey.
Parentes do vereador o alertaram que o sobrinho prestava socorro a um bebê na noite do último sábado, quando esteve no hospital São José, e não conseguiu atendimento. Quando se dirigia ao Hospital Ferreira Machado(HFM), acabou sofrendo o acidente.
“Meu sobrinho e a noiva foram recebidos por um  segurança do hospital. Para sua surpresa, foi informado que não havia médico para atender a criança. Mas, havia médico sim. Tinham três de plantão”, disse o vereador.

“Ele disse a noiva que iria denunciar. Mas, a  caminho do Ferreira Machado, infelizmente o perdemos de forma trágica”, afirmou. 
Comissão satisfeita
O presidente da Comissão de Saúde da Câmara, vereador Paulo Hirano, se mostrou satisfeito com o resultado da reunião.
“Esperávamos isso. Ações resolutivas, como troca e reforço das equipes médicas, além de reparos emergenciais na parte física”, ressaltou.
Fonte: Campos 24 Horas