terça-feira, 17 de outubro de 2017

Estado quita salário da Saúde e de quem ganha até 6.161,00


Além disso, governo pagará amanhã vencimentos de setembro aos ativos da Fazenda e Proderj
O governo estadual pagará, nesta terça-feira, o salário atrasado de agosto para todos os servidores ativos da Saúde. Também receberão os vencimentos de agosto ativos, aposentados e pensionistas de todas as secretarias e órgãos que têm vencimento líquido de até R$ 6.161,00.
Segundo a Secretaria de Fazenda, ao todo, serão depositados R$ 102,5 milhões em vencimentos de agosto para o funcionalismo. Com os pagamentos desta terça-feira, o estado terá quitado o mês de agosto para 96,7% do funcionalismo.
De acordo com a Fazenda, o valor pendente de agosto será de R$ 163 milhões para 15.375 vínculos.
Fazenda e Proderj recebem setembro
Nesta segunda-feira, o estado terminou de pagar os vencimentos de setembro para ativos da Educação e para todo o pessoal vinculado à Segurança (ativos, inativos e pensionistas da PM, Polícia Civil, Administração Penitenciária e Corpo de Bombeiros).
Além disso, os salários de setembro serão quitados nesta terça-feira para ativos da Secretaria de Fazenda e Planejamento e do Proderj.

O pagamento de setembro ficará pendente para 221.604 ativos, aposentados e pensionistas, em um total de R$ 650,3 milhões. Os próximos depósitos serão anunciados de acordo com o resultado da arrecadação.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Comando da Polícia Militar oferece curso de aperfeiçoamento para tropa

16/10/2017, 13h49, Foto: Divulgação PM
Mesmo diante de todas as dificuldades que enfrentam ultimamente, o comandante da Polícia Militar, preocupado em atender a população e dar mais segurança ao policial militar durante a sua atuação, oferece curso de aperfeiçoamento de técnicas policias para toda a tropa.

O curso vem sendo realizado no Rio de Janeiro, com apoio das unidades especializadas da PMERJ. Na base do COE (comando de operações especiais), instrutores capacitados, ministram instruções teóricas e práticas como técnicas de abordagens e tiro policial. O comandante do 8° BPM, tenente-coronel Fabiano, fez um planejamento para que os policiais do 8°BPM pudessem participar do curso sem causar impacto para o policiamento da cidade e melhor atender a população campista e adjacentes.

“Treinamento difícil, combate facil”.






Campos 24 Horas


terça-feira, 10 de outubro de 2017

Correios abriram inscrições de concurso para 88 vagas


São 88 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio/técnico e superior

Os Correios  abriram nesta segunda-feira (09) as inscrições do concurso público para 88 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio/técnico e superior. Os salários vão de R$ 1.876,43 a R$ 4.903,05. O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) é a organizadora responsável pela seleção. No site da organizadora é possível ver o edital. Acesse aqui.
Os cargos de nível superior são para enfermeiro do trabalho júnior, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho júnior.
As vagas de nível médio são para auxiliar de enfermagem do trabalho e técnico de segurança do trabalho.
Do total das oportunidades, 10% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros.
As inscrições devem ser feitas de 9 a 20 de outubro pelo site www.iades.com.br. A taxa é de R$ 50 para nível médio e R$ 70 para nível superior.
As oportunidades são para Brasília, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Vitória, Goiânia, São Luís, Belo Horizonte, Campo Grande, Belém, João Pessoa, Recife, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro, Natal, Porto Velho, Boa Vista, Porto Alegre, São José (SC), Aracaju, Bauru (SP), São Paulo e Palmas. Não há vagas para o estado do Mato Grosso.
A prova está prevista para o dia 26 de novembro, no turno da tarde, e terão duração de quatro horas.

Segundo os Correios, a seleção tem como objetivo repor o quadro de profissionais técnico-especializados, em cumprimento às exigências de norma regulamentadora do Ministério do Trabalho. Essa norma estabelece, dentre outros critérios, a exigência legal mínima de um quantitativo de cargos para compor o SESMT (Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho) da empresa.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Prefeito Rafael, vice e todo primeiro escalão com salários atrasados




Para priorizar demais pagamentos diante da grave crise financeira, o prefeito Rafael Diniz tomou uma medida impopular, mas dentro de seu próprio governo: Atrasou seu próprio salário, da vice Conceição Sant'Anna, dos secretários e membros do primeiro escalão, além dos demais cargos de confiança - os chamados DAS.
Ainda não há previsão para pagamento.
Enquanto isso...
De acordo com a Prefeitura, "no último dia 29, foi efetuado o pagamento dos servidores estatutários ativos, aposentados e pensionistas referente ao mês de setembro, cuja folha de pagamento dos 20,4 mil servidores ativos e inativos foi de R$ 77,5 milhões.
Já foi estabelecido, também, calendário para pagamento dos contratados através de Recibos de Pagamentos Autônomos (RPAs), que foi iniciado na última terça (03) e se estendeu até sexta-feira (06), de acordo com ordem alfabética".
Já sobre os DAS, informou, em nota: "Sobre pagamentos referentes aos cargos comissionados (DAS), por sua vez, a Prefeitura informa que, no momento, não há previsão de depósito, mas que tem buscado alternativas para regularização, de acordo com as possibilidades financeiras".

Folha da Manhã

Extinta oficialmente a 100ª ZE




A 100ª Zona Eleitoral (ZE) de Campos não existe mais. Conhecida nacionalmente por causa da sentença do juiz Ralph Manhães, que condenou o ex-governador Anthony Garotinho (PR) a 9 anos e 11 meses de prisão no “escandaloso esquema” de troca de votos por Cheque Cidadão na última eleição, a ZE foi extinta ontem como parte do processo de rezoneamento imposto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para gerar economia à Justiça Eleitoral. Com isso, todas as ações penais referentes a operação Chequinho foram transferidas para a 76ª ZE, que passa a incorporar todos os processos. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, a previsão é de que todas as atividades sejam normalizadas até a próxima terça-feira.

Nesta semana, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) designou o juiz Ricardo Coimbra da Silva Starling Barcellos para assumir a 76ª ZE e, com isso, todas as ações da Chequinho. Além da 100ª, também deixaram de existir as 99ª e 249ª ZE, que foram incorporadas às 98ª e 75ª Zonas Eleitorais, respectivamente.

Além do processo que condenou Garotinho, ainda existem outras seis ações penais relacionadas à Chequinho para serem julgadas. Uma, inclusive, está conclusa para sentença — a que tem como réus os vereadores Ozéias (PSDB) e Miguelito (PSL), além da ex-secretária de Desenvolvimento Humano e Social Ana Alice Ribeiro Lopes Alvarenga e a ex-coordenadora do Cheque Cidadão Gisele Koch Soares.

De acordo com a norma original do TSE, todas as zonas com menos de 70 mil eleitores devem acabar e os eleitores redistribuídos para as zonas eleitorais próximas. Com a exceção de Macaé e Itaperuna, todas as outras cidades do Norte e Noroeste Fluminense sofreriam com os cortes. Após estudos técnicos, o TRE encaminhou uma proposta ao TSE para manter a maioria das comarcas nas cidades do interior, o que foi aprovado pela Suprema Corte eleitoral.

Além das mudanças em Campos, apenas a 51ª Zona Eleitoral de Conceição de Macabu será responsável também pelo município de Trajano de Moraes, enquanto a 73ª Zona Eleitoral de Laje do Muriaé, no Noroeste, será acumulada pela 112ª ZE de Miracema.

Os eleitores das ZEs extintas, contudo, não precisam realizar nenhum tipo de operação, desde que sua situação esteja regular. Os locais de votação também não devem ser alterados, mas é recomendável, antes de qualquer pleito, conferir o endereço da seção eleitoral. Já os serviços de natureza jurisdicional serão prestados exclusivamente na sede da zona eleitoral

Folha da Manhã

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Prefeita Carla Machado discute duplicação da BR-356 em Brasília


A prefeita esteve no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit)

04/10/2017 15h23 Foto: Ascom
A duplicação BR-356, no trecho entre Campos e São João da Barra, foi um dos assuntos em pauta durante a visita da prefeita Carla Machado a Brasília, nesta semana. Juntamente com o subsecretário de Estado de Transportes, Delmo Pinho, a prefeita esteve no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), onde expôs ao diretor executivo do órgão, Halpher Luiggi, a necessidade de intervenção no trecho, que é o principal acesso ao Município e ao Porto do Açu.
 
“O fluxo aumentou muito na BR-356 nos últimos anos em razão do desenvolvimento de São João da Barra e da instalação do Porto. Isso aumenta, também, os riscos de acidente e precisamos ter uma rodovia que ofereça comodidade e segurança aos usuários. A duplicação, portanto, se faz necessária, assim como a implantação do corredor logístico para atender ao Porto e desafogar a BR-356”, destacou a prefeita.

A mobilização da prefeita Carla Machado pela duplicação da rodovia, iniciada durante seus dois primeiros mandatos à frente do Executivo sanjoanense, voltou a ganhar força a partir de 2017. No mês de julho, estiveram no município, a convite da prefeita, o presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, Altineu Côrtes, e o vice-presidente da Comissão, Julio Lopes, que discutiram o assunto juntamente com autoridades regionais no Porto Açu.  
Demais assuntos em pauta – Em Brasília, a prefeita Carla Machado, acompanhada do deputado Julio Lopes, discutiu com o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, assuntos relacionados à criação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) no Distrito Industrial do Açu. Carla pediu celeridade na aprovação da ZPE, o que poderá atrair indústrias e gerar mais trabalho e renda para os sanjoanenses.


No Senado Federal, a prefeita participou da audiência pública sobre a exploração mineral no País. Proposição do deputado federal Julio Lopes inclui entre os beneficiados na compensação financeira sobre recursos minerais municípios pelos quais acontece o transporte e exportação do minério e ferro. São João da Barra e outros municípios fluminenses Campos dos Goytacazes, Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Mangaratiba e Itaguaí seriam beneficiados com a medida. 

Campos 24 Horas 

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Trabalhador já pode pedir aposentadoria de casa


Quem contribui para a Previdência Social poderá se aposentar por idade sem enfrentar fila nos postos do INSS

Cinco mil trabalhadores já podem se aposentar por idade sem sair de casa ou ter que ir a uma agência do INSS em todo o país. Basta que façam uma ligação telefônica para a Central 135. Segundo informou o presidente do órgão, Leonardo Gadelha, o instituto começou a enviar carta para esses segurados informando que que já completaram as condições de requerer o benefício (60 anos mulheres e 65 anos para homens).
Conforme O DIA informou em 4 de agosto, quem contribui para a Previdência Social poderá se aposentar por idade sem enfrentar fila nos postos do INSS. O reconhecimento do direito ao beneficio passou a ser automático e, após ser avisado por carta pelo instituto, o segurado pode aceitar e começar a receber ao ligar para o 135.
O instituto ainda não tem previsão de quando vai oferecer a possibilidade a todos os segurados que estão informações cadastrais consideradas corretas. O sistema também funcionará,inclusive para concessão de outros benefícios, como aposentadoria por tempo de contribuição.
Outra novidade para os segurados do INSS no Rio é a implementação de um acordo de cooperação técnica com o instituto, para facilitar a vida do trabalhador na hora de solicitar benefícios como aposentadoria, pensão por morte e salário-maternidade.
“Com o acordo, trabalhadores que solicitarem esses serviços não precisão ir a agência entregar os documentos,que será fornecida pela empresa, que já enviará toda documentação digitalizada ao INSS. Isso vai desburocratizar o primeiro atendimento e agilizar o acesso aos benefícios”, explica Luciana Melo, chefe da divisão de benefícios do INSS no Rio.
De acordo com o INSS, o tempo médio de espera para o primeiro atendimento em uma das agências, no Rio, já está em 120 dias. Gadelha informou que os acordos de cooperação técnica podem ser ampliados no Rio ao longo desse ano e de 2018. “A ideia é que entidades representativas, como sindicatos, também possam receber a documentação de trabalhadores para o requerimento de benefícios”, disse.
Acesso será simplificado
Pelo projeto INSS Digital o segurado terá acesso a serviços de forma mais rápida e com segurança. O novo modelo transforma a tramitação dos processos em papel para formatos digitais, o que deve tornar mais ágil o recebimento e análise de documentação e requerimentos, bem como a distribuição dos processos de forma eletrônica.

Hoje, segurados do INSS já podem ter acesso a uma série de serviços online, sem precisar se deslocar até um posto. Um dos canais para apressar o atendimento é a plataforma digital chamada “Meu INSS”, que já conta com cerca de dois milhões de senhas cadastradas. No endereço meu.inss.gov.br, é possível acessar extrato de pagamento, agendar atendimento e solicitar senha do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que reúne todas as informações do segurado, além da contagem de tempo de serviço para solicitar a aposentadoria.
Campos 24 Horas