quinta-feira, 20 de abril de 2017

Atafona celebra Nossa Senhora da Penha








Atafona, no litoral de São João da Barra, celebra até segunda-feira, 24,
Nossa Senhora da Penha. Considerado um dos maiores e mais tradicionais
 eventos religiosos da região, a festa costuma atrair milhares de fieis,
entre sanjoanenses e visitantes. Esse ano, nas celebrações do 160º
aniversário da Irmandade da padroeira, o tema é: “Virgem da Penha, nossa
 alegria!”.

Iniciada no dia 16, a programação religiosa prossegue nesta sexta-feira.
 Destaque para a romaria luminosa intitulada “Caminhando com Maria”.
A saída será às 16h da Igreja de São João Batista, em São João da
Barra, com a imagem da padroeira retornando a Atafona. Na sequência,
às 19h, haverá missa campal.

Sábado, às 20h, acontece o Auto de Maria, com o tema: “As sete
 alegrias da Virgem Maria". A Procissão Fluvial, um dos pontos altos
dos festejos, acontece no domingo, 23, com a imagem da padroeira
chegando às 17h30 no Porto da Penha.


Segunda-feira, dia de Nossa Senhora da Penha, acontece às 10h a
Solene Missa Campal celebrada pelo bispo diocesano de Campos,
Dom Roberto Francisco Ferrería Paz. Às 17h, a tradicional procissão
 terrestre, percorrendo as principais ruas da localidade acompanhada
 pelo grupo de louvor Dom Divino. A imagem de Nossa Senhora
da Penha será recepcionada, às 20h20, na voz do cantor Dom Américo
. Na sequência, cerimônia de coroação e, às 23h45, e solenidade
 de descida do quadro de Nossa Senhora.





Fonte: Comunicação PMSJB

Vereadores confirmam abertura da CPI das Rosas



Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (19) os vereadores da Câmara de Campos confirmaram a realização da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Rosas e debateram a criação de uma outra CPI, para tratar do envolvimento da gestão passada da prefeitura com as investigações sobre a Odebrecht. Também foram aprovados sete processos de Requerimentos e apresentados um total de 28 processos de Indicações Simples. Na Ordem do Dia foi aprovada a Redação Final do projeto de Lei nº 0006/2017, de autoria do vereador Cabo Alonsimar (PTC), que dispõe sobre a criação da Ordem do Mérito Joaquim José da Silva Xavier.
O presidente da Câmara, Marcão Gomes (Rede), lembrou a Audiência Pública da próxima segunda-feira (dia 24) às 15h, organizada pela comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado Rio (Alerj) com o “Legislativo Estadual em prol do Fortalecimento do Turismo”.
“Este convite foi enviado a todos os nossos vereadores e aproveito aqui para também convidar a toda população. Ressalto ainda o pedido do deputado responsável, Silas Bento, para que nossa Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo, que é presidida pelo vereador Geraldinho de Santa Cruz (PSDB) e tem como membros os vereadores Pastor Vanderly (PRB) e Igor Pereira (PSB), entre em contato para tratar do evento”, concluiu Marcão.
Durante a Palavra Livre, o vereador Álvaro César (PRTB) revelou a intenção de solicitar uma Audiência Pública. “Vou solicitar uma Audiência Pública para trazermos aqui pessoas que estão estudando e sabem dos riscos do jogo Baleia Azul, que pode levar crianças a morte. Peço aos meus colegas que aprovem esse pedido, para podermos nos inteirar dos riscos e proteger os nossos munícipes, pois este também é um dever de nós vereadores”, disse.
Silvinho Martins (PRP) afirmou que a CPI das Rosas, levantada pelo presidente Marcão, já contava com 10 assinaturas. “Já temos mais que o mínimo de assinaturas para confirmar a CPI que irá investigar o contrato da prefeitura de Campos, durante a gestão passada, com a empresa Emec. Onde mais de R$ 76 milhões foram gastos em paisagismo em um momento de crise. Vamos investigar e se for possível repatriar valores para o nosso município”.
Genásio (PSC) levantou a questão das investigações da Odebrecht. “Sabemos de terrenos desapropriados em um local e a construção em outra, além de denuncias de propina para licitações de obras que devemos investigar”, disse. Marcão confirmou a abertura da CPI. “Todos os ilícitos levantados nesta investigação da Odebrecht que envolvem a nossa cidade serão apurados por esta casa legislativa. Será aberta uma CPI para apurar os danos causados à nossa cidade e repatriar o dinheiro, caso seja confirmado o desvio”.
Fred Machado (PPS) leu o documento legitimando a CPI das Rosas. “Foram denunciadas na tribuna da Câmara, por parte do nosso presidente, irregularidades no contrato da prefeitura com a Emec, entre os anos de 2012 e 2016. Dentre elas destaca-se a igualdade dos textos das propostas das empresas durante o processo de licitação, como todas colocaram 25 cestas básicas para cada trabalhador. Além disso, todas contam com os mesmos erros de português, mesmos erros de cálculos nos valores de material, mão-de-obra e serviços. A empresa também realizou doação eleitoral em nome do marido da ex-prefeita, assim cabe investigar se houve crime de favorecimento. A necessidade da abertura dessa CPI se faz pelos motivos acima ditos, além do fato do presidente da referida empresa ter sido preso no estado do Espírito Santo em razão de irregularidades em processos licitatórios. Eu espero que os demais colegas assinem esta CPI para que a população possa saber quais são seus representantes que querem ver este dinheiro repatriado e beneficiando a nossa população. Agora coloco à disposição do presidente para que nomeie os participantes desta comissão”, explicou Fred.
“Solicito ao vereador que encaminhe este documento ao gabinete da presidência para que todos os vereadores possam ter acesso. Após todos terem lido, nós vamos deliberar sobre a composição. Lembrando que em paralelo corre a solicitação de uma outra CPI, que será sobre o envolvimento da gestão passada da prefeitura com as investigações sobre a Odebrecht”, concluiu Marcão.



*Por Vivianne Chagas - Ascom Câmara Campos

Demissão de concursados dos Correios ainda está em pauta


Presidente da estatal diz que os Correios não têm condições de continuar arcando com sua atual folha de pagamento

O presidente dos Correios, Guilherme Campos, afirmou nesta quinta-feira (20) que a demissão de servidores concursados está na pauta e vem sendo estudada. Segundo o presidente da estatal, os Correios não têm condições de continuar arcando com sua atual folha de pagamento e contratou um estudo para calcular quantos servidores teriam que ser demitidos para que o gasto com a folha fosse ajustado.
“Temos um estudo encomendado e a possibilidade de demissão motivada ainda está na pauta. A empresa não tem condições de arcar com a sua folha de pagamento”, disse Campos.
Em 2016, os Correios anunciaram um Programa de Demissão Incentivada (PDI) e pretendia atingir a meta de 8 mil servidores, mas apenas 5,5 mil aderiram ao programa. “A economia com esses 5,5 mil é de R$ 700 milhões anuais e essa marca alcançada com o PDI fica aquém da necessidade da empresa. Precisamos ter outras ações para enxugamento da máquina da empresa”, afirmou Campos antes de participar de uma audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados.
Prejuízo
Campos afirmou que no primeiro trimestre de 2017 o prejuízo estimado dos Correios foi de R$ 400 milhões. O número exato, no entanto, ainda não foi fechado. A estatal tem acumulado prejuízos nos últimos anos.
Recentemente o ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, afirmou que os Correios correm “contra o relógio” para evitar a privatização. Segundo Kassab, a estatal necessita de um profundo corte de gastos para não ser privatizada.
Sindicato
O secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, José Rivaldo, afirmou que o presidente da estatal ainda não chamou os trabalhadores para falar sobre a possibilidade de demissão de servidores concursados. “Nós da federação somos totalmente contrários a demissão de servidores. Nossa proposta é garantir o emprego de todos os 117 mil servidores da casa”, afirmou.
Fechamento de agências
Em meio à mais grave crise financeira de sua história, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) planeja também fechar cerca de 200 agências neste ano, além de uma série de medidas de redução de custos e de reestruturação da folha de pagamentos. Segundo os Correios, o fechamento de cerca de 200 agências acontecerá sobretudo nos grandes centros urbanos.
A empresa acumula dois rombos de R$ 4 bilhões nos últimos dois anos. Os Correios fecharam ano passado com prejuízo em torno de R$ 2 bilhões, após registrar perdas de R$ 2,1 bilhões em 2015. “Estamos trabalhando para reverter esse quadro. O objetivo é colocar a empresa no azul neste ano”, disse o presidente ao G1 em entrevista em fevereiro.
A empresa possui atualmente cerca de 6.500 agências próprias, além de mais de 1 mil franqueadas.
Os Correios acompanham o movimento de racionalização e corte de pessoal que também está sendo feito por bancos estatais como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.
Em tempos de recessão e rombo recorde nas contas públicas, o governo tem incentivado esses programas de desligamento voluntário, até mesmo para tentar afastar a necessidade de aporte federal em estatais em dificuldades financeiras.
Plano de saúde
Para Campos, outro ponto fundamental para reestruturar o orçamento dos Correios é encontrar um novo formato para o plano de saúde dos funcionários dos Correios, o Postal Saúde. Segundo ele, este custeio é o responsável pela maior parte do déficit registrado nos últimos anos.

Pelo modelo, a estatal arca com 93% dos custos dos planos de saúde e os funcionários com 7%. “Estamos negociando com os trabalhadores, com os sindicatos, buscando uma alternativa. Nos moldes que está é impossível de ser mantido”, diz.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Juiz afasta vereadores e decreta prisão domiciliar



A decisão do juiz Ralph Manhães afastou cinco vereadores da Câmara
O juiz da 100ª Zona Eleitoral de Campos, Ralph Machado Manhães Júnior, afastou cinco vereadores da Câmara de Campos: Cecília Ribeiro Gomes, Vinícius Madureira, Thiago Ferrugem, Jorge Magal e Roberto Pinto. Contra Thiago Ferrugem também foi expedido um mandado de prisão domiciliar até o término da inquirição das testemunhas de acusação. A decisão é com base na Operação Chequinho, da Polícia Federal e do Ministério Público Eleitoral(MPE). Os vereadores já foram condenados nas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE’s) em primeira instância, em razão da utilização de programa social Cheque Cidadão em troca de votos nas eleições do ano passado.
Os vereadores deverão também, de acordo com a decisão do juiz, comparecer a todos os atos do processo quando intimados; também ficam proibidos de manterem contato com as testemunhas do processo e impedidos de manterem contato com os demais réus do processo; estão ainda proibidos de saírem da cidade por mais de 8 dias, sem autorização judicial.
A respeito da prisão domiciliar de Ferrugem, o juiz se manifestou da seguinte forma: “Ante a sua participação de maior destaque no esquema que ora se apura, eis que o mesmo foi secretário de promoção social do governo anterior, sendo substituído pela Ana Alice pouco antes de vir à tona todo esquema criminoso do programa cheque cidadão, tal como se vê dos depoimentos prestados no IPF 236/16 e também dos depoimentos colhidos em juízo em ações penais correlatas, indicando, a princípio, a sua proeminência na cadeia de comando daquela organização criminosa, aplico também o recolhimento domiciliar de forma integral, até o término da inquirição das testemunhas de acusação”.
O magistrado determinou que a Polícia Federal cumpra as decisões e a Câmara seja cientificada. “Citem-se e oficiem-se, com urgência, à Delegacia da Polícia Federal para o cumprimento desta decisão, devendo ser os réus intimados das medidas a eles impostas, bem como a Presidência da Câmara Municipal e a Secretaria daquela casa servindo a presente decisão como mandado. Defiro também o pedido do Ministério Público para que os autos do inquérito policial federal 236/2016 fiquem sobrestados em cartório, eis que o mesmo instrui a presente ação penal como as demais que já foram ajuizadas com base naquele inquérito, ficando, portanto, sua prova compartilhada com as demais ações”.
Campos 24 Horas
                                                       

          Montagem de Márcia Lemos

Convite da Câmara de Campos





Alterado: 2ª Audiência Pública da Comissão de Turismo

Senhores,
Na qualidade de Presidente da Comissão de Turismo, tenho a honra de convidar para participar da 2ª Audiência Pública da Comissão em epígrafe, que se realizará no Plenário da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, Av. Alberto Torres, 334 — Centro, Campos dos Goytacazes – RJ, às 15 horas, no dia 24 de abril, intitulada de “LEGISLATIVO ESTADUAL EM PROL DO FORTALECIMENTO DO TURISMO EM CAMPOS DOS GOYTACAZES”.

A Audiência Pública tem como objetivo integrar os setores públicos e privados do município e da região num debate construtivo para fortalecer as políticas públicas e privadas em prol do fortalecimento do turismo no município e municípios da região.

Havendo a possibilidade de comparecimento, solicito a confirmação, o mais breve possível, o que poderá ser feito pelos e-mails comissaodeturismo@alerj.rj.gov.br ou comissaoturismoalerj@gmail.com, ou, com o Secretário da Comissão, Sr. Fábio Costa, pelos telefones (21) 2588-1309, (21) 2588-1550, (21) 9.8778-2479 ou (21) 2588-1308.Cordialmente,

Silas Bento
Deputado Estadual
Presidente da Comissão de Turismo---------------------------------------------------------------------------------

POR OFÍCIO

* Nilo Sérgio Felix - Secretário de Estado de Turismo do RJ
* Paulo Senise - Presidente da TurisRio
* Marcus Welber Gomes da Silva - Vereador - Presidente da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes
* José Geraldo Gomes Azevedo - Vereador - Presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes
* Rafael Paes Barbosa Diniz Nogueira - Prefeito de Campos dos Goytacazes
* Edwaldo Lucena Júnior - Diretor de Turismo de Campos dos Goytacazes e Vice-Presidente do Fórum Estadual de Secretários de Turismo do Rio de Janeiro
* Leonardo Anderson da Silva - Secretário Adjunto de Turismo de Macaé e Presidente do Fórum Estadual de Secretários de Turismo do Rio de Janeiro
* Victor Ferreira Varela - Secretário de Turismo e Evento de Casimiro de Abreu
* Analiel Almeida Viana - Secretário de Turismo, Esporte e Lazer de São João da Barra (sem contato por e-mail e telefone, enviar ofício por correios)
* Alan Gonçalves Machado - Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio das Ostras
* Fabiana Menezes Silva Jacinto - Secretária de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer de Cardoso Moreira (sem contato por telefone)
* Ely Corrêa - Secretário de Cultura e Turismo de São Fidélis
POR E-mail (convidados na 1ª Audiência Pública da Comissão de Turismo da ALERJ)
*Marco Navega - Presidente da FC&VB-RJ - Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Rio de Janeiro
*José Hamilton da Costa Vasconcellos - Presidente da Comissão de Turismo da OAB-RJ

POR E-mail:
* Luiz Eduardo Pozitivo - Presidente do Convention & Visitors Bureaux de Campos dos Goytacazes
* Guilherme Abreu - Presidente do Convention & Visitors Bureaux de Macaé
* Francisco Navega - Vice-Presidente do Convention & Visitors Bureaux de Macaé
* Tatiani - Secretária Executiva do Convention & Visitors Bureaux de Macaé
* Paula Coelho Pennelo Meireles - Presidente do Convention & Visitors Bureaux de Rio das Ostras
* Valéria de Carvalho Pinheiro - Vice-Presidente do Convention & Visitors Bureaux de Rio das Ostras
* Carla Ennes - Diretora Executiva do Convention & Visitors Bureaux de Rio das Ostras

Nota Oficial da Câmara


segunda-feira, 17 de abril de 2017

Começa campanha de vacinação contra a gripe


  • Vacinação contra gripe

    Vacinação contra gripe

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começou nesta segunda-feira (17) em todo país. No Centro de Vacinação, localizado na secretaria de Saúde de Campos, por volta das 10h30 da manhã, mais de 100 pessoas já tinham sido vacinadas. No município, a imunização acontece em 18 postos, das 8h às 16h, e a estimativa é que aproximadamente 127 mil campistas sejam vacinados. O Dia D de Vacinação acontece no dia 13 de maio.
Idosos, gestantes, puérperas e crianças podem se vacinar. Inicialmente, os idosos deveriam comparecer aos postos de vacinação a partir do dia 24. Mas, devido à fila formada no Centro de Saúde, eles foram atendidos. A vacina contra a gripe não é recomendada para alérgicos à proteína do ovo e da galinha; para quem tem alergia a qualquer componente da vacina; e para menores de seis meses. Segundo uma responsável pela vacinação na Secretaria de Saúde, os idosos foram os que mais procuraram até o momento.
Os postos que estarão vacinando são: UBS do Parque Eldorado, UBS Dr. Félix Miranda, UBS do IPS, UBS de Conselheiro Josino, UBS Dr. Jamil Abido, UBS do Parque Prazeres, UBS de Saturnino Braga, UBS do Parque Santa Rosa, UBS de Terra Prometida, UBS de Custodópolis, UPH de Farol de São Tomé, sede da secretaria de Saúde, UBS da Penha, UBS Alair Ferreira, Centro de Saúde de Guarus, Centro de Referência e Tratamento da Criança e do Adolescente (CRTCA) I e II, e UPH de Travessão.
Febre amarela – Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Dra. Andréya Moreira, a vacinação contra a febre amarela irá acontecer de forma simultânea com a da influenza. No último balanço divulgado pela prefeitura, na quarta-feira (12), mais de 227 mil pessoas já tinha sido imunizadas contra a doença. 
A vacina é destinada a pessoas entre 9 meses e 60 anos, obedecendo às indicações e contraindicações do Ministério da Saúde, que são: não possuir doenças como câncer, HIV positivo; não ser alérgico a proteína do ovo e a gelatina; não fazer uso de medicamentos como corticoide; não ser gestante e não estar amamentando.