terça-feira, 23 de maio de 2017

Record decreta fim da exibição nacional do ‘Cidade Alerta’


A partir de agora o “Cidade Alerta”, apresentado por Marcelo Rezende, não é mais um programa de rede






A Record decidiu acatar um pedido das afiliadas em todo o Brasil. Em um comunicado emitido internamente às emissoras que retransmitem seu sinal, foi anunciado que a partir de agora o “Cidade Alerta”, apresentado por Marcelo Rezende, não é mais um programa de rede.

Automaticamente a exibição nacional e obrigatória por suas afiliadas não é mais necessária. Porém, a Record fez isso impondo uma condição. Todas as emissoras que decidirem não exibir o policialesco terão de criar uma versão própria do programa.

A emissora dos bispos só ouviu os apelos de suas emissoras devido as constantes baixas na audiência. As reclamações existiam aos montantes, já que era alegado que a atração só dava importâncias para as notícias de São Paulo, e que isto prejudicava o restante das praças, que perdiam com facilidade para as novelas da tarde do SBT. Com a decisão, assim como acontece com as versões do “Balanço Geral SP”, a exibição não é mais uma exigência.
Divugação

Ato Executivo restitui mandatos eletivos de vereadores 22 MAIO 2017




quarta-feira, 17 de maio de 2017

Dia Nacional da Luta Antimanicomial em pauta na Câmara





Durante a sessão ordinária desta terça-feira (16) os vereadores da Câmara de Campos tiveram a oportunidade de ouvir um relato sobre o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, comemorado no próximo dia 18. Durante os trabalhos os vereadores apresentaram um total de 49 processos de Indicações Simples e 13 processos de Requerimentos.

Antes do início da sessão o presidente da Câmara, Marcão Gomes (Rede), convidou a coordenadora do Programa de Saúde Mental do município, Eliza Peralva, para falar sobre o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. “Gostaria de agradecer a Eliza e a todos que participam desta luta. Lembrando que podem contar com nossa casa e também com a nossa Comissão de Saúde, presidida pelo vereador Abdu Neme (PR) e demais membros, para que possamos avançar no atendimento às pessoas que precisam”, disse o presidente.
Eliza lembrou a oportunidade. “Nós da saúde mental agradecemos por este espaço, no ano em que estamos comemorando 30 anos deste movimento. A Luta Antimanicomial teve início em 1987, no Encontro de Trabalhadores de Saúde Metal em Bauru (SP), onde eles denunciaram os maus tratos sofridos nos hospitais de tratamento por todo país, que eram na verdade depósitos de pessoas. A partir de então iniciou-se o movimento para acabar com este tipo de tratamento. A ideia é a gente questionar o modelo clássico de tratamento, onde se defende que para tratar é preciso isolar. O que devemos destruir mesmo são os muros mentais, que nos dizem que ‘lugar de maluco é no hospício’, na verdade não, ‘lugar de maluco é na vida’. Encontramos os serviços substitutivos, os Caps (Centro de Atenção Psicossocial), sucateados e estamos aqui trabalhando para dar novas respostas para a loucura, para incluir as pessoas na vida, dando dignidade a todas elas”, concluiu.


Durante a sessão foi aprovado em primeiro turno o Projeto de Lei nº 0047/2017, de autoria do vereador Abu (PPS), que declara de Utilidade Pública a Associação Amigos do Rim (AAR). E em turno único foram aprovados o Projeto de Decreto Legislativo nº 0044/2017, que concede a Ordem do Mérito Doutor Paulo Pinto ao senhor José Paes Neto e o Projeto de Decreto Legislativo nº 0045/2017, que concede a Ordem Municipal do Mérito ao senhor Ironis Escáfura de Oliveira Júnior, ambos do vereador Fred Machado (PPS).

Ascom Câmara Campos

Presidente e vice recebem carnavalescos



Na tarde desta terça-feira (16) o presidente da Câmara, Marcão Gomes (Rede), e o vice-presidente, José Carlos (PSDC), receberam um grupo de representantes do Carnaval campista. Entre os temas em pauta, o grupo solicitou aos vereadores que declarassem a Associação dos Bois Pintadinhos de Campos (Aboipic) de Utilidade Pública.
Marcelo Velasco, Marciano da Hora, Leonardo Braz, Sérgio Viana e João Damásio confirmaram a realização do Carnaval em 2018. “Nós oficializamos junto à prefeitura o período do dia 22 ao dia 25 de fevereiro do ano que vem, duas semanas após a data oficial nacional. Agora estamos nos encontrando periodicamente na Fundação Municipal Jornalista Oswaldo Lima para tratar do Carnaval, mas sabemos que precisamos de apoio para começar os trabalhos o quanto antes. Por isso solicitamos este apoio à Câmara, para tornar a Aboipic de Utilidade Pública e também para tentar resgatar a Lei Municipal de Incentivo à Cultura”, disse Marciano da Hora.
José Carlos foi nomeado por Marcão como presidente da Comissão de Carnaval da Câmara. “O prefeito já ressaltou a importância de parcerias para a realização. Desde já vocês podem ter a certeza de uma coisa, aquele ritual de mentiras, que enganavam vocês com datas para pagamento, isso não vai acontecer. O que puder ser feito, será feito e cumprido”, disse o vereador.
Marcão lembrou a importância da participação da Aboipic nas Audiências sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA 2018). “Sobre o orçamento para o próximo ano, nós ainda não podemos prever como será. Sabemos que de acordo com a Lei as entidades civis são convidadas a participar e dessa forma vocês podem se inscrever para falar das necessidades do setor. Quanto à solicitação de transformação para Utilidade Pública, vamos aguardar um ofício da entidade para nosso jurídico verificar o que pode ser feito”, concluiu.



*Por Vivianne Chagas - Ascom Câmara Campos

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Operação Chequinho: Beth Megafone denuncia ameaças

Beth Megafone

Elizabeth Gonçalves dos Santos, testemunha-chave da Operação Chequinho — que levou à prisão o ex-governador Anthony Garotinho — denunciou à Polícia Federal, na última semana, ter sofrido ameaças. A pressão seria para não dar detalhes, em depoimento, sobre o esquema que envolveria compra de votos em troca do cadastramento no programa Cheque Cidadão.
O Globo, edição de hoje, traz uma matéria dando conta que Beth procurou a Polícia Federal, no último dia 8, para relatar as ameaças e dizer que está sendo perseguida desde que prestou o depoimento no qual admite sua participação na distribuição do Cheque Cidadão na campanha eleitoral de 2016 e abre detalhes do esquema de compra de votos em troca de cadastramento no programa - a Operação Chequinho.

Leia mais
No depoimento, Beth contou que, em dois dias diferentes, percebeu estar sendo seguida por um carro, um Astra preto, primeiro quando ia com o marido à igreja e, na outra ocasião, ao avistar o mesmo carro na esquina de sua casa. Depois, no dia 7 de abril, ela afirma ter sido perseguida por dois homens em uma moto, no Centro de Campos, até conseguir se refugiar dentro de um shopping. E que, no dia 4 de maio, aconteceu a ação mais direta.

Elizabeth diz que estava num ponto de ônibus da Avenida 28 de março quando dois homens em uma moto sem placa subiram a calçada. Ao pensar que era um assalto, fez menção de entregar o celular, mas um dos homens perguntou se ela era a “Beth Megafone” e em seguida afirmou “Cala sua boca, porque assim como nós te achamos hoje, achamos você e sua família em qualquer dia, em qualquer lugar”. Em seguida, os dois saíram com a moto.




Folha da Manhã

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Vereadores recebem convite do Sebrae






Na sessão ordinária desta quarta-feira (10) os vereadores apresentaram um total de 29 processos de Indicações Simples e 11 processos de Requerimentos. Além disso, entrou como Objeto para Tramitação o projeto de Decreto Legislativo nº 0048/2017, de autoria do presidente da Câmara, Marcão Gomes (Rede), que concede a Ordem do Mérito Renato Barbosa a senhora Rosidéa Viana da Silva.


Aproveitando a oportunidade, Marcão leu um convite enviado pelo Sebrae aos vereadores. “A Controladoria Regional da União no Estado do Rio de Janeiro (CGU Regional-RJ), com o apoio da Associação Estadual de Municípios do Rio de Janeiro (AEMERJ) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (SEBRAE/RJ), convida para evento comemorativo aos 5 anos de vigência da Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011)”. O evento será no dia 24 deste mês, no auditório do Sebrae no Rio de Janeiro, com inscrição gratuita.

*Por Vivianne Chagas - Ascom Câmara Campos

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Carteira de Habilitação com código de segurança




O código, assim como as demais mudanças anunciadas pelo Contran, é para evitar falsificações e fraudes

Todas as Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) emitidas a partir deste mês de maio passarão a contar com um novo recurso: o QR-Code. A inclusão da tecnologia estava prevista nas mudanças anunciadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). As regras valem para todo o país. As funcionalidades foram divulgadas nesta terça-feira (9) pelo Ministério das Cidades e pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em Brasília.
As novas regras divulgadas pelo Contran em maio de 2016, determinam mudanças no modelo das carteiras de habilitação emitidas a partir de janeiro deste ano. Entre as alterações, mudanças na cor, layout e inclusão de itens de segurança, como marcas d’água, holografia e dois números de identificação do condutor, um estadual e outro nacional.
O código, assim como as demais mudanças anunciadas pelo Contran, é para evitar falsificações e fraudes na CNH. O código fica na parte interna do documento e pode ser lido com a câmera do smartphone, no aplicativo Lince, desenvolvido pelo Serpro, disponível para download nas lojas de aplicativo dos smartphones.
Por parte do Denatran não haverá cobrança de taxas adicionais. Pode, no entanto, haver cobrança pelos departamentos de trânsito regionais de cada estado.
Utilidade
De acordo com o Denatran, haverá um sistema eletrônico, gerido pelo Serpro (empresa de tecnologia do governo), que dará acesso às informações do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach) apenas com a leitura do código, sem a necessidade de digitar as informações.
Após a leitura do código bidimensional, qualquer pessoa poderá acessar informações pessoais do condutor, foto e números de identificação do documento. De acordo com o Serpro, posteriormente, dados dos veículos e infrações cometidas pelo condutor também serão disponibilizadas por meio da tecnologia. O banco de dados pode ser conferido sem acesso à internet.
O diretor do Denatran, Elmer Vicenzi, explicou que todos os cidadãos terão acesso às informações contidas no banco de dados.
“Essa implementação tecnológica vai permitir a todos conferir a foto. Não só os agentes de segurança e agentes de fiscalização de transito, mas todos os agentes da sociedade”, declarou o diretor do Denatran.
“Facilita toda a sociedade. Tanto para aquele que confere a CNH, os agentes de fiscalização, os agentes de segurança pública, tanto os empresários, uma vez que a carteira de motorista é um dos principais documentos de identificação”, continuou.
“Com certeza você vai poder autenticar com mais garantia de que você é você naquele documento. Tem a fotografia, que está guardada num banco de dados, e ali, de uma forma offline, ele lê automaticamente e busca o dado, tanto da fotografia quanto dos dados que você tem na sua carteira de motorista”, disse Glória Guimarães, presidente do Serpro.
Segundo o Ministério das Cidades, o QR-Code não pôde ser emitido junto com as demais mudanças no documento em janeiro porque o item foi adicionado após a divulgação da resolução que determinou as alterações, e não houve tempo para as gráficas se adaptarem.
O governo federal informou que todas CNHs emitidas a partir deste mês já contam com as novidades. As alterações nas antigas serão feitas à medida que os motoristas precisem renovar o documento.

De acordo com o Denatran, cerca de 300 mil CNHs já foram emitidas com o código desde 1º de maio. A previsão é que em 5 anos todas as habilitações do país contenham a tecnologia.